segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Henrik Ibsen

Henrik Ibsen
1828 - Em 20 de março, nasce Henrik Johan Ibsen, em Skien, Noruega.
1835 - Sua família muda-se para uma fazenda em Gjerpen.
1843 - A família muda-se para Skien.
           Em dezembro Ibsen vai para Grimstad para ser aprendiz de farmacêutico.
1846 - Em outubro nasce Hans Jacob Henriksen, filho ilegítimo de Ibsen e Else Sophie.
1849 - Conclui a obra Catilina.
1850 - Vai para Christiania (atual Oslo).
            Publica Catilina, sob o pseudônimo de Brynjolf Bjarme.
            Em setembro estréia a peça The Warror's Barrow.
1852 - É contratado como diretor de cena no Norwegian Theatre.
            Viaja para a Dinamarca e para a Alemanha.
1856 - Fica noivo de Suzannah Thoresen.
1857 - É contratado para o cargo de diretor do Christiania Norwegian Theatre.
1858 - Casa-se com Suzannah Thoresen.
1859 - Nasce Sigurd, seu filho.
1862 - O Christiania Norwegian Theatre vai à falência.
1863 - Publica The Pretenders.
1864 - Ibsen viaja para a Itália.
1866 - Escreve a peça épica Brand.
1867 - Escreve Peer Gynt.
1868 - Muda-se com a família para Dresden, onde vive por sete anos.
1869 - Viaja ao Egito para assistir à inauguração do canal de Suez.
1870 - Escreve Balloon-letter to a Swedish Lady.
1871 - Publica Poemas.
1873 - Publica The Emperor and the Galilean.
1875 - A família muda-se para Munique.
1877 - Publica Pillars of Society.
1879 - Ibsen escreve Casa de Bonecas. A peça dá ao autor projeção internacional.
1881 - A peça Ghosts provoca polêmica.
1882 - Escreve An Enemy of the People.
1886 - Escreve Rosmersholm.
1890 - Escreve Hedda Gabler.
1891 - Escreve The Master Builder.
1892 - Seu filho Sigurd casa-se com Bergliot.
1893 - Nasce Tancred, o neto de Ibsen.
1894 - Escreve Little Eyolf.
1895 - Muda-se para o apartamento onde viveria até o fim de sua vida.
1896 - Escreve John Gabriel Borkmann.
1899 - Escreve When the Dead Awaaken.
1900 - Sofre um derrame que o deixa com o lado esquerdo paralisado.
1901 - Um segundo derrame paralisa-lhe o lado direito.
1902 - É indicado para o Prêmio Nobel de Literatura.
1903 - Sofre o terceiro derrame e perde a capacidade manual de escrever.
1906 - Morre em 23 de maio. Em 1. de junho é sepultado com honras de Estado no cemitério Var Freisers.

Em 1814 a Noruega separou-se da Dinamarca e integrou-se à monarquia da Suécia. Tinha sua própria constituição - um poder executivo constituído por civis indicados, o legislativo eleito indiretamente pelo povo e um judiciário independente. Por isso, quando as revoluções estouraram na Europa em 1848, a Noruega não participou das rebeliões, embora tivesse sua porção de organizações revolucionárias e radicais. Um dos mais influentes desses grupos era liderado por Marcus Moller Thrane, e dele Henrik Ibsen fez parte durante um curto período de tempo. A prisão de Thrane e seus assistentes convenceu Ibsen a desistir das manifestações políticas, porém as idéias socialistas intensificaram seu espírito de revolta contras as autoridades e seu domínio absoluto e modificariam sua visão de liberdade pessoal - temas que apareceriam mais tarde em suas peças.

A obra literária de Ibsen foi particularmente influenciada pelo poeta dinarmaquês Adam Gottlob Oehlenschlager - cujas peças românticas enalteciam a era escandinava dos vikings e inspiraram os primeiros trabalhos de Ibsen - e pelo dramaturgo francês Eugene Scribe, que escreveu mais de quatrocentas peças, das quais Ibsen produziu pelo menos uma dúzia durante a época em que trabalhou no teatro.

Henrik Johan nasceu em Skien, uma pequena cidade costeira da Noruega, no dia 20 de março de 1828, filho de Knud Ibsen, um próspero comerciante local, e de Marichen Altenburg, que pertencia a uma família aristocrática de Skien. Em 1831 Knud comprou a casa de sua sogra, com dez cômodos, e uma destilaria, que também pertencia a ela e que precisava de extensas reformas. Em 1835 as dificuldades financeiras obrigaram-no a vender a casa e a destilaria para evitar falência. O abalo no estilo de vida deixou marcas profundas em Henrik, cujos estudos foram prejudicados. A família mudou-se para uma fazenda em Gjerpen, onde ele foi matriculado numa pequena escola local. Em 1843 voltaram para a cidade, porém a atmosfera familiar não era das mais favoráveis. O pai de Ibsen era um homem autoritário e dominador, além de alcoólatra. A mãe, submissa, buscava conforto na religião.

Mais tarde Ibsen se inspiraria nos pais para criar seus personagens de Brand, Casa de Bonecas e Ghosts. Quando estava com 16 anos, Ibsen mudou-se para Grimstad para ser aprendiz do farmacêutico Jens Reimann. Em 1846 seu senso de dever levou-o a assumir e a sustentar o filho Hans, nascido de um relacionamento com uma das criadas de Reimann. Em 1850 Ibsen mudou-se para Christiania (atual Oslo). Pretendia estudar medicina, porém seu sonho foi destruído ao ser reprovado nos exames de admissão à universidade. Foi então que ele passou a se dedicar à literatura, tendo chegado a ganhar algum dinheiro escrevendo para a publicação literária semanal Andhrimner. Nesse mesmo ano Ibsen escreveu duas peças, Catilina, uma tragédia que refletia a atmosfera do ano revolucionário de 1848, e The Burial Mound.

Em 1951 recebeu uma indicação para trabalhar no Den Nationale Scene, um pequeno teatro em Bergen. Para esse teatro Ibsen escreveu quatro peças baseadas no folclore e na história da Noruega, entre as quais Lady Inger of Ostraat (1885).  Em 1852 o teatro financiou para Ibsen uma viagem para a Dinamarca e para a Alemanha, com o propósito de que ele aprendesse mais e aperfeiçoasse suas técnicas de produtor e diretor de teatro.

Em 1856 Ibsen obteve seu primeiro sucesso popular, com The Feast at Solhaug, que resultou num convite para uma festa na residência da escritora Magdalene Thoresen, esposa de um pastor. Foi nessa oportunidade que conheceu a filha do casal. Suzannah Daae Thoresen, de quem ficou noivo pouco tempo depois.

Ibsen voltou para Christiania em 1857 para assumir o cargo de diretor artístico do Christiania Norwegian Theatre, recém-inaugurado. No ano seguinte, em Bergen, casou-se com Suzannah. O único filho do casal, Sigurd, nasceu em 1859, dois dias antes do Natal.

Depois de várias produções, o Norwegian Theatre foi à falência, e Ibsen foi indicado para dirigir o Christiania Theatre. São dessa época as sagas históricas The Vikings of Helgoland (1858) e The Pretenders (1863) e a sátira Love's Comedy 91862).

Em 1861, dívidas, doenças e menosprezo em relação a sua arte chegaram a fazer Ibsen pensar em suicídio. Nesse mesmo ano escreveu o poema Terje Vigen, baseado em histórias sobre as guerras napoleônicas. Em 1864 Ibsen recebeu como prêmio do governo norueguês uma viagem para o exterior. Foi para a Itália e, nos 27 anos seguintes, morou alternativamente em Roma, Dresden e Munique. Voltaria à Noruega apenas para breves visitas. Durante esse período Herink Ibsen escreveu a maior parte de suas principais obras, entre as quais Brand, em 1866, e Peer Gunt, em 1867, cujos temas se originaram da desilusão do escritor com seus conterrâneos. A peça Brand foi encenada com grande sucesso em toda a Escandinávia, o que lhe valeu uma pensão concedida pelo Parlamento da Noruega. Ibsen, que durante um período se sentiu abandonado por Deus e pelos homens, passou a sentir-se feliz e recompensado.

Ibsen considerava The Emperor and the Galilean sua peça mais importante - um drama sobre cristianismo e paganismo, porém houve outras que obtiveram mais destaque. Pillars of Society, de 1877, tratava de um homem de negócios rico e hipócrita cuja conduta perigosa quase resultou na morte de seu filho. Sua obra mais famosa, Casa de Bonecas,  de 1879, é um drama social sobre casamento no qual uma mulher se recusa a obedecer ao marido e põe fim a um casamento aparentemente perfeito. A peça fez grande sucesso e foi encenada em vários países da Europa e da América.

A obra literária de Henrik Ibsen divide-se em três períodos: período romântico (1850-1873), período realista (1877-1890) e período simbolista (1892-1899).

As primeira obras de Henrik Ibsen foram caracterizadas pelo extenso uso de simbolismos, mitos e questões religiosas, em histórias escritas mais com a finalidade de ser lidas do que representadas no palco. Já suas peças mais famosas são marcadas por uma descrição realista da vida contemporânea, um trato psicológico profundo dos personagens e suas interações, sempre com tramas magistralmente tecidas, que criam uma atmosfera dramática de crescente tensão.

Em suas peças Ibsen focaliza mais os personagens do que as situações, e cria dramas realistas de conflitos psicológicos. Seu tema é o dever do indivíduo para consigo mesmo. Na tarefa da auto-realização os personagens de Ibsen encaram as convenções antiquadras da sociedade burguesa. O individualismo anarquista de Ibsen deixou marcas profundas na geração mais jovem fora da Noruega, onde ele era considerado um escritor revolucionário. Em sua vida pessoal, entretanto, era visto como moralista e conservador.

Henrik Ibsen é considerado o Skakespeare da eta moderna, pelo realismo e pela profundidade psicológica com que retratou os problemas sociais, a injustiça e a hipocrisia das convenções sociais, colocando em xeque os valores da classe média européia.

o único verdadeiro sucessor de Henrik Ibsen foi o escritor inglês George Bernard Shaw, que possuía o mesmo intelectualismo, o mesmo estilo e a habilidade de dramatizar idéias e conceitos em peças inteligentes.

Em 1889, durante um feriado em Grossensass, Ibsen conheceu Emilie Bardach, uma jovem da alta sociedade vienense. Algum tempo depois os dois trocaram correspondência. As cartas de Ibsen para Emilie foram publicadas logo depois de sua morte, levantando especulações sobre um possível relacionamento amoroso entre eles. Em 1881 Ibsen, autor já mundialmente famoso havia alguns anos, voltou a seu país, mas encontrou algumas adversidades.

Em março de 1900 Ibsen contraiu uma gripe bastante forte. Poucas semanas depois sofreu o primeiro derrame cerebral, que deixou paralisado o lado esquerdo do seu corpo. Recuperou-se parcialmente, porém no ano seguinte teve um segundo derrame, que dessa vez lhe afetou o lado direito. Um terceiro derrame ocorreu em 1903, e Ibsen ficou com os movimentos seriamente prejudicados, oque comprometeu sua capacidade de escrever. Em 1903 um terceiro derrame ocorreu, e os movimentos de Ibsen ficaram bastante prejudicados, inclusive sua capacidade de escrever. A partir de então seu estado de saúde começou a declinar acentuadamente, até que, no dia 23 de maio de 1906, uma quarta-feira, ele faleceu, às duas e meia da tarde, em seu leito. Uma semana depois foi sepultado no cemitério Var Freisers, com honras de Estado.



Fonte: Coleção obras-primas -  Grandes autores - vida e obra
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails